Além da riqueza patrimonial e cultural que abriga, Camagüey é a região que concentra a maior quantidade de cayos e ilhotas de Cuba. Conta com mais de 120 km de belas praias associadas aos cayos do norte e do sul de seu território. No litoral norte estão os cayos Sabana-Camagüey, local de trânsito e acasalamento de inúmeras espécies de aves migratórias e maior reservatório natural do flamingo rosado na América.

  • Día 1
  • Día 2
  • Día 3
Camaguey Estúdio-Ateliê de Martha Jiménez: onde a cultura popular se torna arte

A CIDADE, SEU POVO E SUA HISTÓRIA

Estúdio-Ateliê de Martha Jiménez: onde a cultura popular se torna arte

Um importante símbolo da cidade, Martha Jiménez conseguiu retratar com maestria as tradições e lendas de Camagüey histórico. Entrar em seu ateliê é ingressar em um mundo mágico no qual os materiais e ferramentas dialogam com histórias e lendas da região. Junto à popular Plaza del Carmen, você poderá dialogar com a artista e conhecer de perto como são formados no barro e no bronze alguns dos sonhos mais preciosos dos habitantes desta cidade.

Camaguey O entardecer a partir do terraço do Gran Hotel

CAMAGÜEY MEMORÁVEL

O entardecer a partir do terraço do Gran Hotel

Sua privilegiada posição no centro por excelência da tradicional Camagüey faz do Gran Hotel um local perfeito para sentir a cidade em sua plenitude. A partir de seu terraço, e acompanhado por atrativas propostas musicais e de coquetelaria cubana, você poderá admirar a beleza singular da cidade justamente quando o sol se despede do leste da ilha. Um momento bastante especial para compartilhar em casal, com amigos ou familiares.

Plaza de la Solidaridad e Iglesia de La Soledad

Importante centro da cidade antiga, essa bela praça é o ponto de encontro para os habitantes locais e visitantes. Ao lado da Iglesia de la Soledad, é entrada para diferentes rotas através de ruas laterais populares como a rua República, o boulevard ou a popular Calle de los Cines.

Plaza de los Trabajadores

Popularmente conhecida como Plaza de La Merced, é um dos espaços mais visitados da cidade. Junto à praça está situada a emblemática Iglesia de la Merced, uma das mais antigas desta cidade, construída em 1748. Os candelabros de prata, o trono da Virgen de los Dolores e o Santo Sepulcro, são parte das joias que formam o tesouro deste lugar. A construção do Santo Sepulcro constitui em si uma das lendas mais conhecidas do lugar. Debaixo do altar maior, em uma parte de suas antigas criptas, há um museu com relíquias coletadas em toda a província. Em uma parte da nave principal são guardadas peças do mobiliário utilizado pelo Papa João Paulo II durante sua missa em Camagüey, em janeiro de 1998.

Centro de Convenções “Santa Cecilia”

Está localizado na Plaza de los Trabajadores, em pleno Centro Histórico da cidade. É um edifício que resume o melhor do ecletismo da cidade e está rodeado por uma arquitetura de grande variedade estilística.

Museu Ignacio Agramonte

Em 23 de dezembro de 1841, no segundo quarto do segundo andar, nasceu o Major General Ignacio Agramonte y Loynaz, líder do movimento independentista contra o poder colonial espanhol em Camagüey. O edifício, propriedade de seus avós paternos, data da primeira metade do século XVIII e é uma residência típica da época colonial, com dois andares e mezanino, um pátio interno de planta quadrada e vários tinajones. Aberta como museu em 1973, exibe documentos e pertences pessoais, assim como móveis e objetos, tanto da família quanto da época colonial.

Parque Martí

É a antiga praça de San Francisco. Concluída entre os séculos XVII e XVIII, era a parte final do caminho real que unia Porto Príncipe com a parte deste país. Possui edificações de diversas épocas e estilos arquitetônicos: barroco colonial, neoclássico e eclético. A Iglesia del Sagrado Corazón, de estilo neogótico, é a edificação mais impressionante em todo o entorno.

Parque Maceo

Segundo evidências históricas, já existia no século XVIII, com o nome de Plaza de Paula, pela proximidade da ermida de San Francisco de Paula, demolida em 1906. Em homenagem ao Tenente-General Antonio Maceo, conhecido como o Titán de Bronce por seu vigor físico e valor, é chamada oficialmente de Plaza de Maceo em 1899, sendo erigido um busto em seu nome em 1947. A uma simples vista é possível apreciar os trilhos por onde transitava o bonde e os simétricos paralelepípedos que pavimentavam as ruas do começo do século XX, um toque diferencial da cidade.

Plaza de la Revolución

Esse espaço de concentração tem sido testemunha de grandes eventos de caráter político, social e cultural. A celebração dos atos centrais pelo 26 de julho, em 1989 e 2007, liderados por Fidel e Raúl Castro, respectivamente; os desfiles de primeiro de maio; a atuação de reconhecidos grupos cubanos e a Santa Missa oferecida pelo Papa João Paulo II, em 23 de janeiro de 1998, foram eventos que congregaram dezenas de milhares de habitantes de Camagüey na Plaza de la Revolución. O conjunto de monumentos, concebido por um grupo multidisciplinar em 1983, ressalta a figura de Ignacio Agramonte, circundado por uma peça monolítica a relevo que mostra passagens dos momentos mais relevantes da história de Cuba.

Casa Natal de Nicolás Guillén

Considerado o Poeta Nacional de Cuba, a vida e a obra de Nicolás Guillén é um divisor de águas na literatura cubana. As origens humildes na Camagüey do início do século XX deixou uma marca importante em sua obra. Objetos pessoais e familiares podem ser vistos nessa bela casa do Centro Histórico.

Plaza del Carmen

Situada um pouco afastada do centro urbano, foi basicamente assentamento de negros e mulatos. Todas as residências mantêm o estilo colonial original, com ombreiras que as separam da rua. Um conjunto de esculturas em tamanho natural, feitas de barro, recria a vida e os costumes da comunidade e deu fama internacional ao lugar; obra da artista de Camagüey, Martha Jiménez, cujo ateliê de criação se encontra na própria praça. Junto à praça se encontra a Iglesia del Carmen, uma joia arquitetônica de Camagüey e exemplar da sóbria arquitetura barroca; suas duas torres simétricas a distinguem do restante das construções religiosas. Na praça são desenvolvidos importantes eventos culturais como as festividades de San Juan, as mais importantes da cidade.

Camaguey O barro de Casanova

A CIDADE, SEU POVO E SUA HISTÓRIA

O barro de Casanova

No ateliê Alfarería Casanova é mantida viva a tradição do barro em Camagüey. Uma cidade na qual seus telhados vermelhos e tinajones para armazenar água são um ícone, a arte da olaria tem sido transmitida de geração a geração. A Família Casanova é um claro exemplo de uma vida dedicada a esse trabalho artesanal que vai mais além de criar uma peça de barro. O viajante pode visitar esse espaço e elaborar seu próprio tinajón enquanto conversa com a família Casanova sobre a tradição e a importância do barro em Camagüey.

Camaguey Passear pela rua República

CAMAGÜEY MEMORÁVEL

Passear pela rua República

O Hotel Colón, imerso no ritmo da vida cotidiana de Camagüey, convida desde sua entrada a hospedar-se no passeio mais célebre da cidade: a rua República. Concebido atualmente como um passeio para pedestres, a rua funciona com um boulevard no qual há galerias de arte, pequenos centros comerciais e culturais, restaurantes, bares e cafés. O visitante poderá entrar em contato com os habitantes da cidade enquanto percorre o centro histórico, ou simplesmente deter-se para conversar ou ler enquanto degusta um coquetel ou um delicioso café em algum dos belos pátios internos da cidade.

La Calle de los Cines

Beco dedicado ao cinema na rua Ignacio Agramonte e que presta homenagem à sétima arte em uma cidade que se orgulha de sua rica vida cultural. Salas de exibição, centros culturais, bares, restaurantes e lojas convidam a viver a experiência do centro histórico, acompanhados por cenários e personagens clássicos da história do cinema cubano e internacional.

Parque Ignacio Agramonte

Um dos mais movimentados parques da cidade, o Ignacio Agramonte é ponto de encontro e lazer para os habitantes locais e visitantes. Rodeado por populares cafés, pela Casa de la Trova e muito próximo aos hotéis do Centro Histórico, é o local perfeito para apreciar a vida cotidiana de Camagüey. Em seu entorno estão localizadas outras importantes instituições culturais como a Biblioteca Julio Antonio Mella, o Centro de Interpretación do Centro Histórico e a Iglesia Parroquial Mayor. 

Plaza San Juan de Dios

A pequena praça de San Juan de Dios é uma das mais antigas da cidade e até hoje conserva a beleza e o atrativo de suas origens. Casas e igrejas tipicamente coloniais dão forma à esplanada, rodeada por estreitas ruas laterais repletas de pousadas, bares e galerias de arte. No restaurante La Campana de Toledo é possível admirar a beleza dos típicos pátios internos cubanos que, no caso de Camagüey, se destacam pela presença dos belos e enigmáticos “tinajones”.

Galerias San Juan de Dios

Um dos atrativos desta bela praça está nas pequenas galerias de artistas locais. Uma mostra da arte, mesclada com tradições autenticamente camagüeyanas. Cenas da cidade e mostras originais de arte naif podem ser apreciadas nesses espaços que também funcionam como ateliês, onde é possível conversar com os próprios artistas.

Teatro Principal

Teatro emblemático de Cuba, o Principal de Camagüey é a sede do balé camagüeyano e local de reconhecido prestígio nacional e internacional. Seu cenário recebeu importantes eventos musicais, teatrais e de dança.

Projeto Ejo

No espaço popularmente conhecido como La Casona (Padre Valencia 65, e/ San Ramón y Lugareño) funciona o Proyecto Ejo, um dos mais importantes das artes visuais de Camagüey. Durante o dia é possível dialogar diretamente com os artistas e outros membros implicados nesta iniciativa comunitária.

Camaguey Ballet de Camagüey: uma joia da arte da dança em Cuba

A CIDADE, SEU POVO E SUA HISTÓRIA

Ballet de Camagüey: uma joia da arte da dança em Cuba

A partir de sua fundação em dezembro de 1967, por Vicentina de la Torre, o Ballet de Camagüey não deixou de levar sua arte por todo o mundo. Em 1975 assume a direção da companhia o maestro Fernando Alonso, fundador da Escuela Cubana de Ballet, do Ballet Nacional de Cuba e pedagogo de prestígio mundial. Atualmente é dirigida por Regina Balaguer Sánchez, que foi Regisseur desde 1985 até 1996. O repertório do Ballet de Camagüey é formado por mais de 250 obras, 120 delas próximas ao estilo contemporâneo e moderno. Sua sede está localizada nas áreas do Casino Campestre e está aberto a visitas durante toda a semana, tanto às instalações quanto aos ensaios da companhia.

Camaguey Apresentações na sala de concertos de câmara

CAMAGÜEY MEMORÁVEL

Apresentações na sala de concertos de câmara

Camagüey é, sem dúvida, uma das cidades de vida cultural mais intensa de Cuba. Célebre por seus teatros e sua literatura, a música também contribuiu para esse enorme prestígio. Em sua Sala de Concertos de Câmara, situada em um belo edifício do Centro Histórico, o visitante poderá viver de perto experiências memoráveis com a atuação de grupos de pequeno e médio formato de todo o país.

Casino Campestre

Este é o maior parque urbano de Cuba e um dos lugares de lazer favoritos das famílias camagüeyanas. Localizado próximo ao centro histórico, é a oportunidade ideal para escapar da agitação urbana e encontrar-se com o ambiente sereno do campo camagüeyano.

Reserva Ecológica Limones-Tuabaquey

Localizada na Sierra de Cubitas, a quase uma hora da cidade capital, encontramos esta reserva ecológica, importante refúgio da fauna e de vegetação que é considerada a maior e mais bem preservada das duas áreas de bosque que existem no território. Dentro os acidentes naturais de maior importância na reserva está o Hoyo de Bonet. Além disso, também há locais de alto valor patrimonial, como as pictografias da caverna Pichardo, as mais bem conservadas do Caribe, e o sistema de lagos subterrâneos mais profundos de Cuba.

Rancho King

A região turística Rancho King, a apenas meia hora de Playa Santa Lucía, é a oportunidade ideal para aproveitar ao máximo todas as belezas da campina cubana. Os amantes dos ambientes rurais, especificamente os seguidores do rodeio e da equitação, encontrarão neste lugar uma opção perfeita para recreação. Você poderá aproveitar as habilidades dos cavaleiros e demonstrar as suas próprias assumindo as rédeas de um cavalo, além disso, poderá visitar a casa de um camponês e observar de perto os costumes dos nossos campos.

Praia Santa Lucía

A 110 km da cidade capital se encontra o balneário de Playa Santa Lucía. Lugar abençoado pela natureza, se estende por 22 km desde Punta de Ganado até Playa Los Cocos. Esta última região é bastante apreciada pela extensão de sua faixa de areia e a sensação de privacidade que proporciona. Acariciada pelo Oceano Atlântico, a típica cor de suas águas e a proximidade de uma das formações de coral mais extensas do mundo a diferenciam de outras praias da costa norte cubana.

OUTROS LUGARES QUE NÃO PODE PERDER

Ballet de Camagüey

Segunda companhia de balé mais importante do país.

Centro histórico

O Centro Histórico da cidade de Camagüey foi declarado Monumento Nacional em 1980 por seus valores urbanísticos, arquitetônicos, ambientais e históricos de uma das primeiras sete vilas fundadas em Cuba. É um dos mais extensos do país e abriga ricos exponentes da época colonial, motivo pelo qual também foi declarado pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade em 2008.

Cienfuegos

A Pérola do Sul de Cuba, cidade patrimonial rodeada de encantos naturais.

Holguín

Bela cidade do leste de Cuba e rica em tradições culturais.

Santiago de Cuba

Conhecida como a Ciudad Héroe, Santiago de Cuba é local de uma longa história de lutas pela independência do país. Sua posição privilegiada ao redor de uma pequena baía, que abre suas águas entre o Mar do Caribe e as montanhas da Sierra Maestra, a tornaram um lugar de confluências entre as Antilhas e o continente americano. Suas ruas e seu povo são testemunho vivo dos séculos de misturas culturais que dão forma a aquela que é, sem dúvidas, a cidade mais caribenha de Cuba. Declarada Patrimônio Cultural da Humanidade, na cidade destaca sua riqueza arquitetônica de mais de cinco séculos, assim como tradições ancestrais de escravos de origem africana assentados na região ou provenientes do Haiti e outras ilhas. A trova santiaguera, o som e a tumba francesa são alguns dos legados mais importantes dessa tradição. A cidade é sede do Festival do Caribe e do famoso carnaval, duas celebrações que a cada ano congregam milhões de seguidores de todo o mundo. Outro de seus preciosos símbolos é a cultura do rum, com algumas das fábricas mais importantes associadas a marcas emblemáticas como Havana Club, Santiago, Caney e Matusalén. Situada nas bordas da maior cordilheira do país, a cidade permite acessar uma grande variedade de paisagens costeiras e montanhosas de incomparável beleza, entre as quais se destacam a Gran Piedra, o parque nacional Baconao e o pico do Turquino, a maior elevação cubana.

AS NOITES DE CAMAGUEY

As noites de Camagüey, serenas e tranquilas, convidam também a viver de perto as propostas de uma cidade célebre por sua riqueza cultural e artística.
No boulevard da rua República ou junto ao Parque Ignacio Agramonte, o visitante encontrará atraentes propostas musicais tanto em bares e centros noturnos, quanto na popular Casa de la Trova. Em seus parque e praças, o habitante de Camagüey se reúne para conversar e trocar ideias sobre vários assuntos, enquanto na Calle de los Cines têm lugar atraentes propostas relacionadas à sétima arte.

Segredos de Camaguey

Faça o download do nosso guia para conhecer os locais, as histórias e as lendas de Camaguey.